domingo, 12 de julho de 2009

Ser ou não ser “blogueiro”, eis a questão...


Outro dia estava eu conversando pelo MSN com meu amigo, Júnior Vondrake do blog “caixeta de pandora” quando começamos a debater sobre como é desenvolvido o universo da blogosfera e suas minúcias e deparei-me com uma incógnita:

Ser ou não ser “blogueiro”?
Eis a questão...


Bom se você conseguiu ler até esta parte do texto, você provavelmente é um dos que realmente lêem minhas divagações ou leem (seguindo o acordo ortográfico, para maiores informações sobre o acordo ortográfico acessem o Blog
"Educar para Transformar").

Por que estou falando isso?
Simples por que muitas pessoas, tem o péssimo hábito de não ler, apenas comentar visando marcar sua passagem, acho que todos que escrevem em um blog, ao ler os comentários recebidos devem ter se deparado inúmeras vezes com frases como:

-Oi adorei tudo em seu blog!

-Olá seu blog é demais!

-Concordo com tudo que você disse no texto!

Alguns menos polidos ainda têm o péssimo hábito de dizer...
passa no meu blog e comenta também”.

Eu creio que todos a quem sou seguidor e costumo comentar nos blogs devem ter notado que sempre que comento costumo citar determinada parte do texto, geralmente algo pouco obvio para quem só leu o titulo.
por que faço isso?
Simples, por que é cortês, estou mostrando ao escritor que realmente li o que ele tinha a dizer, refleti sobre o tema proposto e cheguei a uma conclusão.
Eu sei que nesses tempos de Orkut e twitter as redes sociais tornaram-se as palavras da “moda”, mas a grande questão é que um blog não serve somente para isso, cada individuo, tende a ter idéias, desejos e anseios e o expressa em seu blog de formas diferentes, portanto é único e espera ser visto como tal, não há nada mais frustrante, que passar duas ou Três horas digitando o texto com o rigor pragmático de um jornalista, ou criando uma poesia , ou mesmo falando sobre o seu dia... Para então receber um comentário vazio e interesseiro.

Visualize, se você postar algo com titulo “separação” e falar em um texto longo como foi o sofrimento de um amigo e parente com câncer que acabou de morrer, você corre o risco de encontrar no seu blog comentários como:
não se preocupe ele (ela) volta um dia, se não voltar é por quê não te merece, amei seu blog, passa no meu depois e comenta!”.


Esse tipo de absurdo chega a ser cômico, e o pior é justificado, com vários outros temas sociais que eu já citei aqui no blog, a exemplo, o desinteresse do ser humano, pelo próximo.
Nossa sociedade nos ensina a ser frios, competitivos e individualistas, e o reflexo direto é um conjunto de pessoas que querem ser lidas, “vistas”, e conhecidas, por seu dinamismo, sua habilidade com a escrita ou por seu blog maneiro sobre “legumes polimórficos multicoloridos da Groelândia”, some a uma infeliz idéia do Google de adicionar um link de propaganda no qual você ganha centavos para cada pessoa que clica no dito e pronto você tem um legitimo blogueiro, com pequenas variações.

Mas hoje eu quero levantar uma questão simples:
Por que eu preciso ser um blogueiro?

Para ser lido?

Para ser notado?

É isso que eu quero somente acumular um monte de seguidores e comentários vazios?

As respostas são:

Não, e o fato de ter um blog não me torna blogueiro.

Sim, eu quero que as pessoas leiam o que escrevo.

Sim, eu quero ser notado por minha habilidade em escrita.

E por fim... Não eu não quero seguidores desinteressados e comentários vazios
(E acredito que ninguém queira).

Portanto estou escrevendo esse post, sobre o tema para chamar atenção aos colegas escritores, poetas, e tantos outros que possuem um blog...

A partir de hoje vamos cultivar um código de ética entre blogs:

1- Se alguém tem a consideração de comentar em seu blog, tenha a mesma consideração em responder no mesmo post se possível!

2- Se você visita um blog, mas não tem tempo de ler, não comente só para marcar presença, deixe para retornar outra hora e comentar devidamente!

3- Mostre que realmente leu concorde, discorde, brigue, mas não deixe comentários vazios que só servem para encher linguiça!

4- Se o tema proposto envolve reflexão, então reflita e expresse sua opinião!

5- Quando utilizar uma idéia inspirada em outro texto ou material de um colega de blog, cite a fonte inspiradora, visando creditar devidamente a pessoa!

6- Não copie os textos alheios, a menos que tenha permissão prévia do escritor!

7- Seja educado nos seus comentários!

8- Se comentar em um blog, retorne depois para ver a opinião do autor sobre o seu comentário!

9- Evite pedir para alguém lhe visitar, você não está desesperado!

10- E por fim a grande regra não se torne seguidor de ninguém esperando reciprocidade, faça-o porquê gosta realmente do que leu!

Alguém pode se perguntar se eu tenho “moral” para citar essas regras, eu respondo, talvez sim, talvez não, mas ao menos eu tenho consciência para sugerir-las, tanto que peço a cada seguidor deste blog que avalie se realmente deseja continuar seguindo as divagações e se não for o caso pode excluí-lo de suas preferências, e não se preocupe eu não farei o mesmo, pois quando me tornei seguidor, parceiro ou mesmo, linkei um blog ao meu, é por que em algum ponto me identifiquei com o conteúdo, sabendo que, como leio muitos blogs e tenho pouco tempo, nem sempre estarei comentando, mas quando o fizer, farei para de forma a tentar mostrar ao criador do blog, que realmente tenho interesse no que ele expressa.

Bem fica aqui minha humilde sugestão, e minha opinião.
Se alguém discordar ou tiver uma solução melhor, sinta-se livre para comentar.
Abraço a todos!

John, que tem um blog, mas não é blogueiro...

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

58 já divagaram:

Andréa Mota 12 de julho de 2009 15:16  

Bom...

De certo, muitas das situações que colocaste, eu já vivi. Pessoas que escrevem para que visitemos o blog delas. Ainda mais que sou uma "blogueira" de textos um tanto herméticos e bláblá.. Poderia ficar desanimada com algumas interpretações que fazem dos meus textos. Mas, eu procuro não debater. Isso é coisa minha, logicamente. Não debato para defender um ponto de vista por dois motivos: um, acredito na capacidade que o texto pronto tem de voar por mãos desconhecidas, discordantes até. Enfim. E segundo que não sou adepta das certezas fechadas.

o que me faz escrever é a necessidade que tenho de falar em outra linguagem. nao serei hipocrita de dizer que nao ligo se as pessoas leiam ou não. Entretanto, não é algo decisivo para minha produção.

e o que me dá mais gosto de "ser blogueira" - daquelas que lê blogs e que escreve em um - é o descompromisso compromissado. É apreciar textos, não me prender em regras e categorias. Isso tudo a gente já vive nesse tal mundo de individualidades e afazeres.

quando visito blogs, eu quero apreciar aquele momento, aquelas linhas e nem sempre sinto vontade de dizer coisas, ter opiniões para aquilo ou aquele assunto. Como um bom livro de cabeceira, adoro folhear e ver o que ele vai me causar. =)

Mell Araújo 12 de julho de 2009 17:25  

Pois, pois, meu caro.

Eis uma "reclamação" muito bem feita! Nem tudo o que escrevemos deixa espaço para comentários; às vezes são apenas sensações, divagações tão internas, tão próprias que comentários vazios acabam diminuindo nossos textos, porque em certo ponto (quando passamos para ler os coments)eles -os comentários- são tão vazios, que chegamos a nos questionar se conseguimos mesmo transmitir para o código linguístico o que tínhamos em nossa essência...

Acho que se temos um blog é sim porque queremos ser vistos, comentados etc... mas isso não quer dizer que queremos ser "os populares", a mim não importa a quantidade de visitação que meu blog tem, mas sim a qualidade dos poucos que o veem.

beijão, john! e meus parabéns pelo recado, foi muito bem dado!

Jurema Cappelletti 12 de julho de 2009 18:49  

Você exprimiu o que muitos blogueiros sentem mas não comentam ou mesmo não conseguem externar.

Nas suas sugestões sobre como deve agir um blogueiro, duas me chamaram muito a atenção . Sempre responder aos comentários feitos , o que procuro fazer não só por gentileza, mas é uma forma de aproximação - quando deixo de responder a alguém por algum motivo, isso me incomoda por um bom temmpo.

E, para mim, a mais difícil (diria quase impossível) > retornar para ver a resposta do autor ao meu comentário. Leio diversos blogs num dia e acabo me perdendo. Mesmo quando procuro, não consigo mais saber em quais deles fiz comentários ou não.

Rejane Batista 12 de julho de 2009 22:23  

Olá John! Como estás? Você tem ótimas idéias e achei ótimo este post. Realmente é muito chato uma pessoa "olhar" superficialmente o que a gente escreve e comentar de forma vazia. Adoro falar, debater e trocar opiniões e experiências sobre variados assuntos. E realmente temos que valorizar o tempo e dedicação gastos para escrever um post comentando de forma a fazer diferença. Você é super inteligente e escreve muito bem, e por isso que estou sempre aqui lendo suas idéias e divagações... nem sempre comento, pq como vc disse, gosto de comentar com qualidade, e se não toenho tempo, é melhor deixar pra depois. Não escrevo tão bem como vc, até porque, como vc sabe, minha área é outra, rs.
Você é sempre muito feliz no que escreve aqui. Ótima semana pra vc! BjOs.

Silvio Koerich 12 de julho de 2009 22:39  

Li tudo com mta atenção.

Passo por isso colega. Eu traduzo textos enormes, escrevo textos grandes, dou conselhos sentimentais másculos e recebo mtos comentários desde pequenos troços até grandes divagações.

Blog tu tem que garimpar bem teu publico: Vai ter o publico de blogueiros que nao tem a ver com teu blog e que marcam presença por camaradagem. Outros que identificam que aparecem escrevendo mesmo coisas legais etc. E outros que estão divulgando e kerem ver se rolar tabelinhas

De fato foi o que eu fiz contigo. Mas era uma busca por aliança, leitor, opiniões.

Enfim vamos ver no que vai dar agora sobre os leitores aki

abraço!

adenilson 13 de julho de 2009 01:56  

concordo em genero numero e grau
até pq eu jah fui assim quando tinha um blog no space blog.
resolvi fazer um blog pra colocar minhas ideias insanas e montagens e opinioes...
fiko realmente triste quando leio um comentário dizendo..
"passei por aki bjs"
aisjaiosjaosjaiosjas
ai eu respondo q bom q vc passou lá..
foi com ferro a vapor ou não ?.
foi a pé ou d carro ? ¬¬

pior ainda..blogs com as mesmas mentalidades;;
falando de decepções...
caminhos a seguir...
mto repetitivo
tbm parei d comentar mto por causa disso..

parabens pela sua bronca.
abraço e feliz dia mundial do imoprrpível rock n roll....

john 13 de julho de 2009 02:28  

RE: Andréa

Entendo seu ponto de vista e respeito, ams como vc mesma deve ter notado, vc sempre comenta algo de útil nas divagações, sempre agrega valores.
minha "bronca" não é com o ato das pessoas comentarem ou não, é pelo fato de comentarem coisas exdruxúlas que desvalorizam o texto ou criação do outro, e sim ninguém tem regras a seguir, eu não tenho direio nem poder para impôr regras, mas sugestionei medidas que podem ou não ser adotadas por cada um, vc é uma pessoa voltada ao hermeticismo, quando alguém comenta nos seus textos hermeticamente escritos, vc espera no minimo que essa pessoa tenha algo maiis a lhe dizer do que " olá amei seu blog, passa no meu", mas concordo que não se deve discutir, por isso expressei no texto de forma clara e sem ofensas o que penso.
seja sempre bem vinda, por q vc é uma das pessoas que realmente leem os textos e visita , não por recíprocidade, mas por interesse.
abraços

john 13 de julho de 2009 02:42  

RE:Mell Araújo
Obrigado Mel e vc complementous devidamente o que eu disse
abraços

john 13 de julho de 2009 02:54  

RE: Jurema CAppelletti

eu Sei bem que realemnete é dificil, ao passo que deixo a ressalva que no texto, são apenas sugestões, e que
podem ou não ser seguidas, mas que elas ajudam no relacionamento e aumentam o respeito dos leitores, isso não tenha dúvidas.

abraços

john 13 de julho de 2009 03:06  

Re: Rejane
Obrigado por reafirmar o que parece ser uma opinião quase unânime entre os leitores das divagações Rejane.

boa semana pra vc tbm
bjos

john 13 de julho de 2009 03:11  

RE: Silvio
Eu concordo com vc sobre o público, mas não esqueça que não é o escritor que escolhe quem vai ler, o leitor é que escolhe se o material é digno ou não de ser lido.
e entendo seu ponto de vista, sendo que este post não foi direcionado a ninguém pois busquei ser o mais genérico possivel, justamente por q minha intenção não é buscar o problema, nem culpados, é tentar encontrar soluções que tragam benefícios a todos nós a blogosfera.
seja sempre bem vindo!
abraço

john 13 de julho de 2009 03:26  

RE: Adenilson.
posi é são coisas de blog.
bom dia d rock pra vc tbm
abraço

Everson Russo 13 de julho de 2009 09:12  

Bom dia meu amigo, eu concordo contigo e afirmo, é muito bom ser blogueiro, mas tem horas que é um saco mesmo, existem pessoas que alem de não lerem o que voce escreveu, te oferecem milhares de selinhos, presentinhos e fazem inumeros pedidos de votos pra tudo quanto é lado, o gostoso de ser blogueiro é justamente essa troca de informaçoes, um tentando entender o que o outro pensa, sente principalmente, nos meus 4 anos de Livro, ja´tive todos os tipos de leitores, desde os mais atentos aos hilarios pedintes de votos, mas no balanço geral é muito gostoso, e acrescento mais, acho que o problema maior talvez seja a quantidade de informaçoes e o pouco tempo das pessoas, porque como voce citou acima, temos Orkut, Twiter e um bando de sites parecidos tipo H5 Sonico, que no final é tudo igual, e o pessoal quer estar em todos ao mesmo tempo, o que pra maquina é facil, mas é humanamente impossivel,e pode acreditar amigo, voce é sim notado pela sua habilidade em escrever, seu post de hoje foi fantastico...eu só nao entendi um trecho, voce se refere as respostas em retribuiçao de visitas, ou no seu proprio blog responder aos comentarios? pois eu até não tenho esse costume de responder na mesma janelinha, mas faço questao de visitar todos que me visitam e fazer sempre novas amizades, e gostei do não seja seguidor só pra ganhar um seguidor....muito boa essa, alias meu amigo, começo a perceber na rede tambem uma certa rivalidade pra ver quem tem mais seguidores...é mole essa?..rs..rs...forte abraço, tenha uma semana excelente de paz....

Jurema Cappelletti 13 de julho de 2009 09:30  

Emerson, parece que esse modismo de selinhos e presentes do tipo "você foi escolhido..." já passou.

Quanto ao twitter que você citou, para que ter um semi-blog se temos acesso a um blog inteiro?

Ju

Mel Costa 13 de julho de 2009 11:13  

Parabéns pelas lúcidas reflexões! Sou-lhe grata pelos seus comentários em meus blogs e pela quantidade de informação madura e enriquecedora que você transmite no seu. Sou sua leitora, seguidora, como queira, devido ao excelente trabalho que realiza. Até mais!

Beta 13 de julho de 2009 12:01  

Querido eu escrevi para este post, vc recebeu?
Se não, devo estar com algum problema por aqui, pq não é a primeira vez que acontece...

Po, até perdi a inspiração...rs
Bom, acho que todos nós blogueiros ou não, ficamos tristes com estas coisas. Perdemos tempo bolando coisas legais e nada!
Eu procuro ver todas as atualizações dos blogs que acompanho, muita gente só vê ou comenta a última atualização.
Fico P da vida tb quando dizem que viram meu blog, adoraram mas não quiseram comentar! Po, queremos mais é comentários, né?

bjkas

Blog do Marllon 13 de julho de 2009 12:44  

Aprendi muito com este post.Achei este blog graças a um outro blog que sigo.O carinha colocou o link e eu abri.

Vou seguir este blog...

Delirium 13 de julho de 2009 13:20  

De fato existem muitos blogs que não tem um objetivo definido e muitos criadores de blogs que não respeitam algumas "regras" e que não tem o mínimo de bom-senso. Houve época em divulguei os meus blogs, hoje não faço mais isso, primeiro porque não quero "mendigar" a atenção de pessoas que não se interessam pelo que faço e segundo para não ser chata, nem repetitiva para com os meus amigos... O meu lema é Leia-me Quem Quiser! Apenas sigo ou recomendo blogs que eu acompanho e quando não me interesso pela postagem, não comento. Mas, isso é muito pessoal... Bem, no texto há a sugestão de responder aos comentários... isso eu considero muito pessoal, no caso de poesia, acho (na minha opinião, quero deixar claro) que não é o ideal, já que poesia é feita para sugestionar, inspirar, tocar e dispensa interpretações... No mais, são boas as suas sugestões, para os blogueiros ou não-blogueiros, somos livres para fazermos o que bem entendermos, desde que seja com bom-senso e respeito!

john 13 de julho de 2009 15:10  

RE: Everson Russo

Verdade Everson as pessoas aderiram ao modismo das "centrais" de relacionamento, isso é inegável, mas quando sugestionei responder coments e tal, não estou citando regras, apenas hábitos saudáveis que podem ser adotados ou não por cada um, não é um conjunto de regras fechadas e imutáveis, cada um faz suas próprias regras contanto que se baseie no bom senso, e convenhamos é muito legal, quando vc comenta um post em outro blog, e o autor responde à altura, gerando idéias para posts futuros para vc e para o autor, algumas das divagações mais profundas que escrevi foram inspiradas por amigos da blogosfera.

abraço e boa semana para vc tbm, e agradeço o elogio quanto a minha habilidade com a escrita, mas acho que ainda tenho muito que fazer para me tornar um verdadeiro escritor, por enquanto me considero um aprendiz.

john 13 de julho de 2009 15:13  

RE: Jurema
Bom Júrema, o seu coment foi para Everson, mas vou citar o fato de que as pessoas precisam sentir-se parte de algo maior que elas mesmas como sempre falo aqui no blog, e Twitter, orkut e outros são modismos sociais, e quem não os adota termina sendo excluído, portanto mesmo não gostando terminamos indo na "onda" quanto aos selinhos eu só tenho a dizer...
eles estão por ai ainda rsrrsrs

Abraço

john 13 de julho de 2009 15:15  

RE: Mel Costa

Obrigado a vc Mel por sua presença contante, e sei que vc realmente costuma ler as divagações com atenção e sempre expressando suas opiniões.
Agradeço o elogio
Abraços

john 13 de julho de 2009 15:19  

RE: Beta
È frustrante sim, mas dai a não receber comentários Beta é até melhor que receber comentários como citei no texto, mas de modo geral é sempre bom ter comentários sejam eles positivos ou negativos desde que tenham conteúdo, é o velho dito "falem bem ou mal, mas falem de mim" rsrs
BJOS

NOta: Não recebi nenhum outro comente seu neste post, vc deve estar com algum problema no Blogger, são coisas de Google

john 13 de julho de 2009 15:21  

RE: Marllon

o que dizer...
vou usar as palavras emprestadas do Júnior Vondrake...
"E assim caminha a humanidade..."
rsrsrsr

john 13 de julho de 2009 15:31  

RE:Delirium

Bem realmente é criterioso, se respondemos ou não comentários recebidos em uma poesia, eu respondo, pois acho que é uma forma de dizer ao leitor, "vc foi visto, seu comentário não passou em branco", mas
eu não "ditei regras sólidas" como vc mesma disse sugestionei, os leitores podem concordar ou não, e seguir ou não as sugestões, é pra isso que servem os coments, para expressar opiniões e nesse post estou feliz, que é realmente o que está acontecendo, comentários com conteúdo, o feed back, que busco é esse.:)

abraços e seja sempre bem vinda!

jadeamorim.com 13 de julho de 2009 16:59  

Detesto quando recebo esse tipo de comentário, faço questão de NÃO responder.
Acho que a pessoa cria um blog para poder se expressar e dizer o que sente e (dependendo da pessoa) pedir ajuda para algo que sente não consegue entender.
Sou mais ou menos assim, e sigo aquela frase "não faça com os outros o que não quer que façam com você".
Adorei o blog, primeira vez que venho aqui, já estou seguindo, porque realmente gostei do que disse! =D


Beeijos!

Beta 13 de julho de 2009 17:08  

O outro comentário tava mais bonito...rs
Eu me rendi ao mundo dos blogs e fico radiante quando alguém novo aparece e começa a seguir ou apenas comenta. É uma vitória né?
Você e o Silvio foram duas gratas surpresas para mim.
Bjkas

Kenia Cris 13 de julho de 2009 17:21  

Olá John! Vim agradecer por seguir o Poesia Torta e vou retribuir com muito gosto! Gostei demais do conteúdo de suas divagações.

Falando do seu post de hoje, acho que todos os blogueiros ou pessoas que escrevem blogs por algum motivo oculto especial já estiveram em situações semelhantes.

Particularmente, leio todas as atualizações feitas nos blogs que sigo, comento sempre que tenho algo a dizer sobre determinado assunto, e geralmente uso e-mails ou Cbox para deixar recados que não tenham referência com o post do dia. Faço porque gosto, porque acho fantástico o universo de blogs e idéias nascidas de cabeças tão diferentes.

É isso. Agradeço novamente pela atenção, e despeço-me com um beijo carinhoso. Voltarei sempre que tiver novidades. Cuide-se! ;)

Rejane Batista 13 de julho de 2009 23:45  

Ah John! Esta história de leigo não cola mais! Já ouviu a frase: De médico e louco todo mundo tem um pouco? Então, todos temos um pouco de tudo, e vc já deu uns pitacos lá que não é de leigo não, é de alguém que tem bom gosto só não se interessa em fazer assim como eu, que coloco a mão na massa e faço! *rs.
Quanto ao post jornalístico, nem tanto meu caro. Só escrevi o que penso pq sempre quis ter um espaço assim pra dizer e mostrar minhas coisas para os outros verem, então agora que tenho esse espaço, tenho que aproveitar! *rs. Não gosto de erros de português, falo bem, mas não suporto as tais regrinhas de gramática. E nem quero saber... kkkkkkkkkkk! Já basta a perseguição por anos na escola. Pra mim a nossa língua é muito ingrata com tantas variações e regrinhas... Aff! Já não tenho mais paciência pra isso. Como te disse, minha área hoje é outra, rs.
BjOs John e até mais!

Helô Müller 14 de julho de 2009 05:43  

Muito bem escolhido o tema ... Acho sim que retribuirmos uma gentil visita é mais do que saudável ! Considero-me uma blogueira, mas não fanática!!rs Tou fora desta guerra de seguidores e selinhos pra cá e pra lá !! rs Realmente têm comentários que demonstram que a pessoa não passou da 1ª e quando muito da última linha do texto, tanto que na maioria das minhas postagens eu tento limitar as linhas, até pelo estilo "pocket" de leitura da maioria ! Uns até escrevem MUITO em seus Blogs mas não suportam ler o texto longo dos Blogs alheios! rs
Entonces eu tento me adequar à esta realidade nua e crua !rs
Outra coisa que eu penso, é que acho preferível alguém passar por lá e te deixar um "oi" do que nada ! Até porque os Blogs vivem de comentários, esta é a mais pura realidade, né mesmo ? rs
Esta desculpa de que passou, leu tudinho, mas como não poderia escrever à altura, preferiu sair calado ... eu não acho legal! Até porque teve tempo para ler, e não pra comentar ?? Acho incoerente, até porque não necessariamente há de se polemizar sempre ! Pode-se tentar ser sincero e dizer, eu li e gostei, tal e coisa, mas voltarei outra hora pra expressar o que eu penso ... Ou até mesmo deixar saudações e ponto final !
Ninguém é obrigado a nada ...
O tempo é curto e responder à altura de vários Blogs com extensos textos, requer muita disponibilidade de tempo mesmo! Dá trabalho ...
Outra coisa que penso é que as pessoas não deveriam adotar- por regra - responder somente em sua página! Eu mesma não me lembro de todas as páginas pelas quais eu já passei hj, entende ? Se for alguma resposta que se faça necessária, eu penso que deverá ser respondida em sua própria página, mas ter o cuidado e a atenção de passar no Blog da pessoa em questão, e após um comentário de algo lá postado, colocará um "P.S." alertando pra uma possível resposta, em sua página, aguardando por ela ! Por que duplicar os seus próprios comentários, e não acrescer nenhum às páginas alheias, certo ?
Afinal o Google me parece que mede o ranking dos Blogues, pelo nº de postagens e comentários! Este é o critério usado por eles ... Pode parecer que quem se utiliza deste procedimento, possa estar querendo ganhar alguma vantagem, afinal de 30 coments, passam a ser 60 ! Juro que a 1ª vez que percebi isso eu achei muito suspeito !! ( sou blogueira nova, de final de março prá cá, ainda que o Blog tenha sido aberto em jun/08, mas "virgem" da Silva, até criá-lo em fins de março)
Enfim, assim penso eu!
E assim tento fazer ...
Beijos o obrigada pela oportunidade de falarmos em tal assunto !

Helô

P.s. Poucos lerão tudo ... rs

john 14 de julho de 2009 06:39  

RE: Jade Amorim

POis é Jade Acho que vc citou uma das coisas mais importantes que todos deviam ter consciência, "não façamos com os outros, o que não desejamos para nós mesmos".
seja bem vinda às divagações e agradeçoa preferência.
bjos

john 14 de julho de 2009 06:43  

RE: Kenia Kris
Tá ai, Mais uam boa forma, de avitar misturar coments, desviados do assunto, E-mail, Msn, Orkut ainda são meios de comuicação mais eficazes, então por q não usa-los para tratar de temas alheiso ao post não é?
gostei da dica Kenia.
seja bem vinda
bjos

john 14 de julho de 2009 07:40  

RE: HeLô
rsrs coment grande,
é assim que eu gosto de coments devo admitir, tanto que organizarei enumeradamente.

1-quanto ao fato de usar extos curto:

Realmente no padrão do seu blog, os textos limitados em tamanho, são positivos, pois eles sugerem idéias, mas com espaço para deixar as pessoas pensarem sobre o tema, e as pessoas gostam de pensar sobre os temas que vc utiliza, além da bela arte de fotos que vc emprega, que dá um glamour todo sensual ao blog, mas quando o assunto entra para o padrão de divagações sobre temas que todo mundo conhece, mas muita gente faz questão de não "ver", é muito dificil se atér a seis ou sete linhas, na verdade é um esforço hercúleo, me manter no tamanho atual de meus textos, pois exige argumentaçõs, fontes de apoio para dar credibilidade a idéia que estou defendendo,pesquisas, e também para detalhar ao máximo e evitar ser mal interpretado por alguém.

2-é como eu disse, se não leu ou leu e não tem tempo de comentar , pode se fazer isso outra hora, e discordo que um blog viva de comentários, isso depende muito da finalidade À qual o blog serve, para alguém que escreve sobre a própria vida, não importa se uma ou dez pessoas comentarmm, e sim o que comentaram, e "oi amei seu texto" tem a profundidade de um pires, o que por muitas vezes frustra o pretenso escritor de forma dolorosa.

3- Quanto a duplicar os coments com resposta, eu juro que também não tinha pensado nisso, mas diferente do que vc diz, eu não me importo com o que o google pensa de mim desde que me deixe escrever minhas divagações, pode notar por exemplo que eu não uso adsense, e não exponho propagandas nas divagações, eu não estou ganhando dinheiro com isso portanto, a quantidade de coments sinceramente não é relevante para mim em relação ao google,mas ainda tendo em vista desvendar esse mistério explorei um pouco na net e n achei nada que afirmasse que o google conta ou não coments vindos do próprio autor do blog, mas seguindo a lógica de que o google é carrasco e costuma banir ou remover a relevância dos blogs por qualquer mau entendido sem direito a choradeira, dúvido muito que eles venham a contar coments do autor para determinar page rank. de qualquer forma sua sugestão de respnder no blog da pessoa que comentou é muito interessante e pode ser adotada como forma de feed back, acho que eu mesmo o farei, mas a vantagem de responder no próprio post é que alguns leitores gostam de estar à par do tema e dos comentários que ele gera, eu mesmo sou assim rsrsrs.

por fim tbm tenho blog a pouco tempo, as divagações tem menos de três meses, e Graças a Deus tem tido um receptividade relativamente boa, por q veja bem , quando um blog fala de sexo, de politica, de religião, ou tem links pra downloads de filmes, hqs, receitas de bolo etc, ele tem público , ele está prestando um serviço direto à blogosfera ou até a comunidade internauta em geral, mas as divagações entram no conteúdo filosófico e reflexivo, o que muitas vezes não gera nenhum benefício imediato ao leitor, portanto, manter um grupo de leitores constantes pra mim ja´é uma grande vitória, mas ainda não é onde pretendo chegar com este blog, e para concluir, já citei acima mas vou correr o risco de ser repetitivo, eu não estou ganhando nem um centavo com as divagações, não tenho patrocinadores, não ponho anúncios, tudo isso visando fornecer um blog visualmente mais limpo para meus leitores, e escrevo pelo prazer de fazê-lo e buscando melhorar ao meno umm pouco essa nossa soiedade em decadência, não tenho pretensão de ser um escritor famoso internacionalmente, mas tenho pretensão de ser um dia um escritor reonhecido.

ufa, coment longo e resposta longa tbm rsrsr, dúvido que muita gente vá lê os dois rsrsr
seja sempre bem vinda a comentar de forma tão valiosa às divagações adicionando suas idéias e sugestões ao blog.
bjos

Liciane 14 de julho de 2009 10:43  

Olá! Quero em primeiro lugar agradecer sua visita lá no meu blog!!! Mesmo quando o comentário é curto sempre agrega alguma coisa quando sabemos que é sincero.
Estou aqui há mais de meia hora lendo, são assuntos muito interessantes. Li sobre a exploração sexual infantil, fico muito indignada que quem tem poder pra fazer alguma coisa à respeito, não faz. Só sabem encher os próprios bolsos e de seu companheiros comparsas de dinheiro.
Copiei a frase com o telefone pra denúncia, vou colar lá no meu blog.
Sobre os blogueiros, já vi muito disso de encontrar frases iguais em vários blogs. Pessoas que copiam e colam uma frase que sirva p/ todos... Acho terrível isso. Mas percebi que algumas pessoas as vezes não sabem o que escrever, então comentam para mostrar que estiveram ali, que lembraram de vc...
Eu sinceramente não me importo muito com isso.
Quando escrevi sobre assuntos polêmicos, vi que pouquíssima gente comentou... Na verdade meu blog é mais uma terapia pra mim, e como ando postando baboseiras pra dar risadas, não tem muita coisa pra se comentar mesmo.
Ótima semana p/ vc!
Bjss

Cris 14 de julho de 2009 12:58  

isso sem falar do lance dos tal selinhos né...rs

depois de realmente ler o que vc escrever não sei se dou risada ou se choro, porque..."logo ele volta" me fez rir e muito...mas a superficialidade com que nós nos relacionamos hoje em dia é cruel...

quem nunca recebeu um comentário nada haver com o que vc escreveu...rs

falta cordialidade
gentileza
e tempo...

sim porque haja tempo para se responder a tudo, todos , ler tudo o que se quer ler, é um universo paralelo esse tal mundo dos blogs

quanto a mim, não sei se escrevo para os outros, comecei o meu blog numa fase complicada ( que nunca acaba...rs) e escrevo mesmo para respirar...sei lá

ah bom eu falo muito mesmo...rs então vou deixar uma piada que eu e um amigo usamos em casos assim de um comentário nada haver...

na verdade ele sabe a piada melhor que eu...rs, mas é mais ou menos assim...

Pai e filho portugueses, um no Brasil outro em Portugal trocando correspondência...o pai com dificuldades escreve ao filho pedindo ajuda e pede:
- Filho preciso de sua ajuda.
o filho responde:
- Sim
O pai escreve de volta
- Sim o que????
o filho:
- Sim papai...rsrsrsrs
é mais ou menos por ai...vai entender...rs

um beijo para você!

introspectivasim 14 de julho de 2009 14:19  

Infelizmente o que venho notado é que uma certa maioria preocupa-se cada vez mais com a quantidade do que com a qualidade.

Essas pessoas não se preocupam em escrever algo bom, pois para elas basta possuírem um número de seguidores com pelo menos tres dígitos.

Percebo também que as pessoas leem cada vez menos. Elas tem preguiça de ler. Já vi alunos de ensino superior reclamando com professor que o texto era muito grande e que não tinha gravuras. Absurdo total.

É como você falou, "política do pão e do circo" - descrição perfeita.

Os que leem, pesquisam, se informam, buscam conhecimento é que vão fazer a diferença nessa massa alienada.

Um grande beijo!

introspectivasim 14 de julho de 2009 14:31  

Ps: Levei seu banner, pois você é um dos que fazem a diferença. :)

Alan Salgueiro 14 de julho de 2009 20:50  

Olá João! Muito oportuna a sua indagação. A vida cotidiana parece um eterno showbiz, as pessoas querem os holofotes a qualquer preço, querem ser vistas, notadas, repercutidas, esse individualismo o qual você bem citou no seu texto.

Esse questionamento já me assolou no primeiro post do 'Versos', onde eu me perguntei: por que mais um blog nesse universos repleto de tantos outros blogs? E pensei, justamente por não querer ser mais um, por não querer soar como o outro.

Sei de todos os olhos desinteressados, mas quem escreve com sinceridade e tem gosto de expor suas obras, usa de lógicas qualitativas e não quantitativas, ou mesmo, não aplica-se lógica alguma. Pensa-se e responde-se áquele que se mostrou interado, ignora-se aquele número a mais, aquela 'gordurinha localizada' em forma de três ou quatro frases clichês e três pontos de exclamação...

Lembro-me de Machado de Assis, que dialogava com os seus leitores através da narrativa, fazendo uma espécie de autosabotagem ou instigando aquele leitor acidental, o desafiando.

B. 14 de julho de 2009 21:00  

Oi, John, td bem? Li o post e achei bacana. Se ñ se importar, vou continuar seguindo seu blog. Gosto das idéias, noto habilidade em escrita e ñ estou interessada em reciprocidade.

"... um conjunto de pessoas que querem ser lidas, “vistas”, e conhecidas."

Fiz o blog a pouco tempo, os poucos comentários que recebi são de pessoas que realmente leram. Não sei qual foi meu objetivo ao criar o blog, mas sei que não passei o endereço a nenhum dos meus amigos. Não sei pq, mas ñ gosto de falar de mim. O blog é como um desabafo. Expresso o que está por dentro, reflito sobre mim quando escredo sobre meus dias. E é muito bom.

E claro, isso ñ é uma justificativa. rsrs. É só um comentário. E embora concorde que as pessoas querem ser vistas, acredito que tantas outras estão aqui para ver e compartilhar. E vale a pena, ñ é msm?! rs

Bjoo

Bela 15 de julho de 2009 05:24  

John
Tornei-me sua seguidora, e ao ler este post tive a responsabilidade de esclarecer que além de agradecer a sua visita e comentário, resolvi seguir o seu blog porque me identifico com o seu conteúdo.
Não o faço por cortesia. A única coisa que eu não fazia (mas comecei a fazer), foi responder no meu blog, realmente eu costumava responder no blog da respectiva pessoa.
Ñão vou divagar mais, não quero correr o risco de ser maçadora.

Bjo

Everson Russo 15 de julho de 2009 09:04  

Bom dia meu amigo, voltei para o nosso debate,rs,rs,rs,podemos assim dizer, concordo plenamente com quase tudo que disse, talvez eu não tenha conseguido me expressar adequadamente, quando a gente retorna em resposta um comentario de um post é sim uma troca, e muito saudavel, em qualquer tipo de leitura, seja poesia, seja informativo etc e tal, penso assim como voce que o gostoso do blog mundo é justamente isso, sentir a pulsação do outro, ver como ele se encaixou no que a gente escreveu, no meu caso por exemplo, tento fazer minhas linhas de amor, algumas coloco musica, outras não cabem melodia, e o legal é eu escrever sentindo de uma forma e a pessoa ler e comentar de outra totalmente diferente, isso é a interação da coisa, eu escrevi em verde e a pessoa teve uma visão totalmente azul, é bom demais quando a pessoa se encaixa ali, se ve, ou mesmo que não, sinta alguma emoção, e concordo plenamente contigo,muitas vezes essa troca gera um novo post, novas ideias e emoções. E o que eu quis dizer das respostas, talvez ai eu tenha me expressado mal, é o seguinte, normalmente eu não respondo na minha janelinha do blog, e sim vou ao blog do amigo, assim como aqui estou, e faço o comentario respondendo, debatendo, porque eu penso que muitas vezes, não é regra, o post que ficou pra baixo, dificilmente é relido ou comentado novamente, mas tudo é valido, todas as ideias são validas, e tambem é uma questão de costume. E eu discordo de voce quando voce diz não ser escritor, é sim um grande escritor, seus textos são muito bem centrados numa ideia, suas colocações são inteligentes e voce tem o dom de reter o leitor até o fim, como fez comigo e faz com varios, tanto que aqui estou novamente interessado nesse nosso debate, e aprendiz meu amigo, todos nós somos, jamais poderemos dizer que tudo sabemos, perderiamos o encanto da busca, de melhorar, de sempre acreditar num degrau a mais...Muito bom esse nosso debate, parabens pelo seu blog, obrigado pela visita ao Livro, volte sempre,,,forte abraço e uma excelente quarta feira pra ti.

Laguardia 15 de julho de 2009 09:39  

PASSEATA VIRTUAL #FORASARNEY
Quarta-feira, dia 15, das 15h às 16h horas.

Local: Na internet.

Ponto de partida: Seu computador, telefone celular, PDA, qualquer aparelho que possa enviar uma mensagem de e-mail, SMS, Twitter, etc

Ponto de chegada: Congresso Nacional

Sarney: sarney@senador.gov.br

Senadores: e-mails aqui ou aqui para enviar a todos os senadores

Como vai funcionar: Na quarta-feira no intervalo das 15h às 16h horas, você que tem um blog, site, Twitter, celular, etc, deverá estampar um “banner” ou selo com a mensagem “#forasarney” e enviar o máximo de mensagens ao Senado.

Clique e envie e-mail aos senadores!
As informações fora repassadas para este Blog pela atuante Gusta do Reaja Brasil.
Valeu, Gusta
----------------------
Maiores informações,
aqui. Blog #forasarney .

Helô Müller 15 de julho de 2009 13:56  

John !
Obrigada pela sua extensa e detalhada resposta! Só gostaria de frisar que não condeno - independente de ranking ou não - quem têm por hábito responder aos coments, na própria postagem, ou seja, em seu próprio Blog ! Concordo com o lado interessante das discussões geradas e repartidas ou discutidas entre todos! Discordo de quem o faz, somente desta forma, e não se permite à delicadeza, de retribuir a visita, comentando alguma postagem, e aproveitando pra comunicá-lo que tem uma resposta esperando por ele! Entendeu o que eu quis dizer ?? Até porque o seu Blog, por ser de conteúdo e propício a debates e discussões saudáveis, propicia o que vc tão bem faz aqui ...
Mas, existem inúmeros, que não geram discussão alguma, até pelo teor frugal do que foi postado, e as pessoas limitam-se a agradecer em sua página, deixando de retribuir à visita em questão ! Fica parecendo uma atitude muita cômoda e egoísta, não concorda não ??
O seu Blog é de qualidade, assim como a sua escrita e a riqueza dos temas por vc escolhidos !
Beijos
Helô

P.s. passei aqui agora por um lampejo em minha memória ao passar a vista pelos Blogs que eu sigo ... Lembrei-me do assunto em questão, que foi de meu agrado, e voltei ! Normalmente percebo quando um Blog é atualizado, pela lista que vai se atualizando em minha página !
+ bjs

Menina Robô 15 de julho de 2009 21:53  

Olá John, também sigo fielmente esta Ética do Blog, também não gosto de comentários "sem vida". Quando estou apressada, entro no blog e nem comento, volto outro dia com mais calma e comento.
Ahh e no meu dia-a-dia faço o ritual A HORA DO BLOG =], mudo o status do msn para ocupado ou fico off-line, fecho as outras janelas e passo em todos os blogs que acompanho.
A propósito o meu blog foi criado apenas para me desabafar, do meu dia-a-dia, do passado e das coisas que gosto. Minhas meta não é ter
1.OOO seguidores, 2.000 comentários... etc... é apenas falar a minha verdade, meus pensamentos, meus anseios, sonhos, dificuldade e principamente SUPERAÇÃO. Tenho seguidores que me acompanham e não sigo, sem essa pra mim EU TE SIGO E VOCÊ ME SEGUE. Sigo apenas o que me identifico.
Mas com o tempo pessoas apareceram pedindo meu msn, orkut... etc... e dei este espaço a elas e hoje tenho bons amigos virtuais, meus dias na internet tornaram-se mais colorido.
Estive passando em outros postes do seu blog e gostei da sua autenticidade em escrever. Parabéns!

Abraços!

john 16 de julho de 2009 02:38  

RE: Liciane

Pois é Liciane, como vc disse, qd vc escreveu sobre temas polêmicos, e deduzo eu, muito sérios, pouca gente comentou, isso ocorre justamente por que q pouca gente gosta de ver a realidade esfregada na cara, então eles ignoram e vão ler as "tirinhas" ou piadas, as pessoas estão habituadas a conviver nessa sociedade hipócrita, mas ainda assim temos que persistir.
Concordo que seu blog tem temas mais “leves”, mas tbm muito bom, o fato de eu escrever divagações longas e sérias não quer dizer que sou um chato, que não valoriza uma boa piada, até hoje dou risada quando lembro do vídeo, da "fat woman in pool dance” rsrsrs.
Seja sempre bem vinda
bjos

john 16 de julho de 2009 02:48  

RE: Cris

Rsrsr, peguei o sentido da piada.
Mas, vamos lá.
Realmente o mundo de hoje está totalmente sem noção, e cada vez mais individualista
E concordo que o universo dos blogs é uma realidade paralela, mas a grande questão é...
Se, temos tempo para responder e-mails recebidos, para responder scraps do Orkut e etc, por que não reservar um tempo para responder comentários?
E também para prestigiar o blog que o outro escreve com tanta dedicação, muitas vezes não ganhando nada com isso...

Bjos Cris, seja sempre bem vinda!

john 16 de julho de 2009 03:09  

RE: Introspectiva sim.

Pois é, e o que mais me incomoda é notar que, o povo não consegue ver que está sendo manipulado de forma tão aberta.
Essa é a Pátria que nos pariu.

bjos

john 16 de julho de 2009 03:10  

RE: Introspectiva sim.

Pois é, e o que mais me incomoda é notar que, o povo não consegue ver que está sendo manipulado de forma tão aberta.
Essa é a Pátria que nos pariu.

bjos

john 16 de julho de 2009 03:17  

RE: Alan
Com certeza meu amigo, a qualidade vem primordialmente, e eu tenho dado sorte, pois percebi que tenho um grupo de leitores que realmente interagem com as divagações e isso é muito bom.
Quanto a não querer ser “mais um” acho que não é uma característica só sua ou minha, creio que todos que escrevem como nós, buscam esse reconhecimento.
Vc por exemplo escreve muito bem, e com certeza vai longe.
Abraço

john 16 de julho de 2009 03:33  

RE: B

Pois é, eu sei que os blogs têm muitas finalidades e gosto de todas elas, o que me incomoda é a falta de respeito como alguns usuários tratam os outros com coments que são no mínimo abuso da inteligência alheia.
Quanto a me importar se vc segue às divagações eu digo...
É uma honra seja bem vinda a fazer parte deste cantinho de reflexões.
bjos

john 16 de julho de 2009 03:55  

RE: Bela
Mensagem recebida
agradeço a preferência, mas discordo de vc quando diz:
Ñão vou divagar mais, não quero correr o risco de ser maçadora.

Afinal este cantinho do mundo é para divagações, e se c olhar na barra de seguidores, tem escrito sociedade dos divagadores, o que denota seu total direito de se expressar, e divagar.
bjos

john 16 de julho de 2009 04:18  

RE: Everson Russo.
Entendo, com essa explanação concordo com vc Everson, e realmente notei que as pessoas têm essa limitação de não comentar posts antigos, acho que essa é uma das falhas no layout do blog, que termina por deixar ótimos textos esquecidos, justamente por q surgiu outro, eu mesmo evito postar, ultimamente tenho abusado de janelas widgets para noticias rápidas curiosidades e tal, assim as “divagações” fica mais próximas de uma revista eletrônica, e
Mantém os temas em alta, estou bolando uma forma de permitir comentários nas janelas laterais também para aumentar a interação com pequenas resenhas, ou noticias, de menor importância.
Agradeço a ti pelos elogios, aliás, vcs divagadores estão me fazendo crer que sou o que ainda não alcancei, mas tomo cuidado, pois, com a soberba vem à derrocada rsrs, agradeço sua presença constante e ativa nas divagações.
Abraço e boa semana

john 16 de julho de 2009 06:02  

RE: Hellô quanto às divagações
Eu que agradeço sua participação nas divagações sempre agregando valores Hellô.
Quanto ao seu novo coment,
Eu Tbm não condeno quem se vale de artifícios, apenas justifiquei os motivos pelo qual para mim Page rank não é importante, e achei uma boa idéia de responder no blog do comentarista em questão tanto que adotei a sua idéia.
e eu entendo que os blogs realmente tem finalidades diferentes, como eu disse anteriormente são sugestões assim como as suas que resolvi adotar, era esse o objetivo deste post, gerar idéias construtivas para todos usufruirmos de uma blogosfera menos “mecânica” e mais cortês.
Agradeço seus elogios, e aproveito para reforçar, que gostaria que vc voltasse a escrever os contos rsrsr,
No mais seja sempre bem vinda!
bjos

john 16 de julho de 2009 06:19  

RE: Menina robô.

Não só você, mas muitas pessoas escrevem sobre suas vidas, sãs desventuras, suas vitórias, e respeito, isso, principalmente quando se tem histórias de superação como a sua.
Mas justamente o ponto desagradável é você escrever sobre suas lutas e alguém sem noção chega e diz “pô, massa, passa no meu blog e comenta depois”, ai acabou todo o estimulo para escrever. Também gosto dessa atividade d criar amizades devido ao blog, acho saudável, e válido, o que não gosto é gente interesseira que comenta buscando mais um seguidor/comentário e pronto, esquece que você existe.
Seja sempre bem vinda!
bjos

Sou blogueiro - INDICOESSE 16 de julho de 2009 17:25  

he, passa no meu blog... depois é foda! rss
Abraço!

Sou blogueiro - INDICOESSE 16 de julho de 2009 17:26  

Eu acho que ser um blogueiro que nem vc vale a pena, apesar de as pessoas quererem agradar, elas muitas vezes não conseguer ser sinceras!
Pretendo sempre dizer a verdade pra vc, quando perguntado claro. Por ex, vc poderia postar mais, rsss

Abraço!

john 17 de julho de 2009 08:01  

RE: Sou blogueiro.
é a questão é encontrar tempo, principalmente por q, no estilo das divagações , são textos longos e por conseqência, a maioria das pessoas não vai ler mas de dois desses por semana, e eu terminaria desperdiçando material de discussão, eu poderi até adotar a filosofia de outros blogs usando textos pequenos, mas não combina com as divagações, que por si só propõe, ao leitor material para divagar e refletir.
mas tentarei seguir seu conselho.
abraço e seja sempre bem vindo.

Luciana P 18 de julho de 2009 18:57  

Bom, voltei agora porque havia comentado pela manhã, mas o PC deu pane e o meu laptop está na assistência técnica, hahahaha...
Ando mal assistida, como vê.
Eu até já fiz um post sobre ser blogueiro e acho mais ou menos a mesma coisa que você.
O problema de alguns blogueiros é a falta de percepção de que este é um meio para interagirmos uns com os outros, e se temos uma página virtual, é porque temos algo a dizer. Alguns querem desesperadamente brilhar, aí saem por aí comentando o que nem leram porque o importante é o número de comentários e não o conteúdo do que ali está.

E sobre o seu comentário no Afrodite acerca do meu post. ADOREI!
Sou ariana com todas as letras, o que se há de fazer!
E olha, você pode não acreditar, mas eu sofro por isso!
O preço é meio alto!
Beijos, John, um lindo domingo pra ti.

Bala Salgada 20 de julho de 2009 08:09  

Eu concordo, é uma afronta quando visitam o blog e não há um comentário mínimo, porque "Legal, Ô, Ú" é um zero.

Então, obrigada pela sua visita, caso queira me ajudar no caso do plágio, favor visitar este post:

http://www.balasalgada.net/2008/10/celebridades-quando-eram-crianas.html

Muito obrigada :)

Selos recebidos


Selos recebidos de Viviane do blog:

Gestão com pessoas




Regras do Selo Literatura e Arte

1) Dizer 8 características sua.

2) Convidar 8 amigos e avisá-los

3) Mencionar as regras

Respostas:

1-Preciso/2-Passional/3-Honrado/4- Detalhista/5-Educado/6-Decidido/7-Amigo Fiel/8-Humanitário





Regras do Selo Sonhei com esse blog.

REGRAS DESSE SELO:

1) Escrever 4 sonhos impossiveis ou não, que você tenha.

2) Indicar 4 blogs que quiser

3) Linkar quem te mandou o selo

Respostas:

Viajar para a Itália

Ter uma Blazer

Tornar-me um grande escritor

Publicar meu livro

Blog Archive

About This Blog

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP