segunda-feira, 20 de julho de 2009

Quem é essa tal "Consciência Política"?



Inspirado no texto "Não me acuse da micose" de Alan Salgueiro




Consciência política VOCÊ TEM?


Normalmente as pessoas debatem política de forma muito direta, eu diria até limitada, por que avaliam a política sob uma perspectiva simplista onde o político que exerce 4 anos de mandato, constrói meia dúzia de coisas “úteis” à população e não é pego em escândalo de corrupção é BOM, e o político que é pego participando de “mensalões”, “trens da alegria” e “atos de sigilo”, é MAU.

Mas definir dessa forma além de simplificar demais a política, limitamos ainda mais a nossas opções de escolha na ora de votar, e principalmente, esquecemos de nosso poder na hora de cobrar.

Buscando ampliar a minha “percepção política” eu parti dos seguintes princípios:

-Todo ser humano que exerce um cargo político é empregado do povo!

-Todo empregado obedece ao patrão sem titubear!

-Todo empregado tem por obrigação estar atento ao que o patrão diz!

-Todo empregado presta conta do que fez a cada dia ao seu patrão!

-E por fim, mas não menos importante, se o empregado não vai bem, na “função”, ele é demitido assim que causa o primeiro prejuízo à empresa!
Então por que com essa regra não abrange os políticos?


Alguns prontamente dirão:

“Por que a constituição é manipulada, e a corrupção não nos permite agir”

E eu prontamente direi:

“ERRADO!”



Tudo isso acontece por que não agimos, não cobramos, não lutamos, somos deficientes de consciência política!

Logo alguém com o dedo em riste vai apontar para o monitor e bater no peito vestindo uma camisa de um cara barbudo que ele(a) quase tem certeza que é Che Guevara, e dirá “eu tenho consciência política, e voto corretamente, não tenho culpa se, o povo é burro e vota nesses canalhas, capitalistas, corruptos e degenerados!”

Ótimo senhor(a) comunista, e eu pergunto:

quem é o povo?

As pessoas formaram a idéia de que consciência política é uma vez a cada quatro anos ir na urna eletrônica, digitar meia dúzia de números indicando o candidato que vai dirigir o buzu(balaio, coletivo, ou ônibus para outras regiões)e sentar a BUNDA na cadeira esperando o “Deus dará”.
Ai se o cara passa 4 anos e faz uma “mérrequinha” de coisas boas, ele é reeleito.
Mas se sai um escândalo com o nome dele, reclamamos, mas nada fazemos, ele pode até ser “caçado” pelos "colegas/comparsas", só que depois de oito anos... olha ele ai de novo, se candidatando, e levando-se em conta a memória curta do povo brasileiro(NÓS), o cara ainda consegue se reeleger (Alô Collor).
E assim seguimos nossas vidinhas medíocres, se o cara for “bom” no mandato, ai vejo meio mundo de gente dizer “EU VOTEI NELE!”, mas se o mandato foi ruim, não aparece uma viva alma que assuma sua “falta de consciência política”, por que será?

Você já deve ter entendido parte do recado caro(a) leitor(a), mas ainda falta uma pequena questão...

Consciência política é só ir à urna e votar certo?
Creio eu que não.

Se eu tenho "consciência" que sou gerente de uma loja, eu tenho consciência que tenho que fazer minha loja “crescer”, lucrar, e se um de meus funcionários pisa na bola vou lá e “o coloco pra rua”.

Então por que insistimos em ler nos jornais os escândalos, ver no nosso cotidiano tanta miséria, aceitamos os altos impostos, que teoricamente seriam para o nosso beneficio (mas nunca nos beneficia) e nada fazemos?

E por que não vamos lá demitir os políticos?

Por que não cobramos que leis importantes sejam decididas através de “Plebiscito” (do Latim. plebiscitu - decreto da plebe)?.
É essa a nossa consciência política?

Se for, estamos fadados a ver a propagação da miséria, da fome e das injustiças de um lado, e a corrupção descarada, e falta de ética do outro. Por que pra mim, falar de político “BOM” é como falar de papai Noel, ou coelho da páscoa.
O que nós temos é políticos, mais dispostos, e menos dispostos, e estes(como todo funcionário) se você não cobra dele e o deixa fazer o trabalho ao bel prazer, com o tempo ele se tornará tão indisposto quanto os outros. Mas se você o acompanha e exige o devido desempenho, pode ter um oótimo funcionário, que fará sua empresa se desenvolver muito.


Espero que com essa divagação, eu tenha conseguido passar a minha idéia de consciência política, e ai possamos fechar a “pizzaria Brasília”, onde só temos duas escolhas, pagar o pato ou levar a calabresa, e ao final, ainda assistimos os corruptos se deliciarem com a marmelada, que vem após a pizza.


O que me assusta não são as ações e os gritos das pessoas más, mas a indiferença e o silêncio das pessoas boas. (Martin Luther King)

John, procurando essa tal de "consciência política"...

18 já divagaram:

Berenice 20 de julho de 2009 16:00  

John, ser brasileiro é uma arte...

Obrigada pela visita e as sábias palavras.

Bjos
berenice

Cris 20 de julho de 2009 20:36  

olha John vou ser sincera, nesse país pra ir as urnas consciente só colocando nariz de palhaço mesmo.
Eu queria ver um dia em que isso não existisse, mas por aqui tá assim desde Dom João...
Feliz dia do amigo, sem muito horizontes para questões eternas...e só para constar não acredito em povo na rua, em notícia não manipulada e nem em político honesto...tá difícil, mas não se preocupem logo logo chega o carnaval ( só por Deus)!!!!

Alan Salgueiro 20 de julho de 2009 21:47  

Amigo John, estamos diante de uma nação que só se faz patriota em panamericanos, olimpíadas, copas do mundo e não percebe o efeito bumerangue que a alienação política exerce sobre nós.

Será que aquele guri que amola a gente pedindo um trocado, ou o moleque que assalta não são frutos da nossa falta de participação política? Não seriam estes frutos de uma ausência quase que total do Estado? Estado este escalado por ninguém menos que nós que sabemos reclamar antes, durante e depois, mas ainda não temos educação para o voto, isenção, senso de coletividade, pois assim como muitos se elegem pra defender causas próprias e enriquecer ilicitamente, muitos eleitores também viram cabos eleitorais motivados por favorecimentos pessoais, e não uma benfeitoria coletiva.

Em meio ao marasmo, que seguimos com cosnciência para que no mínimo, com nossos textos e atuações práticas, possamos antes de tudo gerar a reflexão, que é anterior a qualquer decisão que vá mudar alguma coisa.

É salutar saber que algo do que escrevi pôde influenciar cabeças pensantes e conscoientes como a sua. Finalizo te convidando para a audição de uma canção chamada 'Comportamento Geral' de Gonzaguinha, que resume bastante do que expomos hoje.

Abraço!

Blue 20 de julho de 2009 22:00  

Concordo, dificil ser brasileiro deste jeito. E ter vergonha acaba sendo pouco. É triste mas aconselhei meu filho a sair do pais. Muito triste isso, mas falei.

Abraços

Sou blogueiro - INDICOESSE 21 de julho de 2009 00:31  

Desejo a você uma excelente semana!
Muito obrigado pelas suas divagações, vc é muito útil para esse Brasil!
Amanhã escrevo mais!
Tou com sono!

Everson Russo 21 de julho de 2009 08:57  

Passando pra desejar ao amigo um otimo dia e deixar um forte abraço.

PeggY 21 de julho de 2009 11:54  

^^
ahhhh...
faço minha parte,
e vc,
faz a sua!!!
se cada um fizesse um pouquinho
assim,
bem assim


bjOOOO

Rejane Batista 22 de julho de 2009 00:01  

Olá John! Realmente o que falta é mais envolvimento do povo. E político bom, honesto eu acho que nunca vai existir. Eu já estou desiludida. Se a gente parar pra colocar na ponta do lápis tudo que a gente paga pra viver na sociedade e que de uma forma ou de outra vai direto para os cofres do governo; ficaríamos quase loucos. E tudo e tanto pra quê? Eu sinceramente acho que as coisas em nosso país só iriam começar a melhorar, quando TODOS os políticos fossem privados de várias regalias, e inclusive fossem OBRIGADOS a utilizar os serviços públicos. Assim as escolas públicas virariam exemplo quando os filhos deles tivessem que estudar lá. Os hospitais seriam de primeiro mundo pq eles quando precisassem, seriam atendidos lá. E assim por diante. Eles não fazem nada para melhorar o nosso país pq eles não usam e não precisam da maioria dos serviços que nós, que pagamos tudo, inclusive o salário deles, precisa. A troco de quê os deputados vão lutar contra o IPVA abusivo? Eles tem dinheiro de sobra pra pagar o de todos os carrões que eles tem. Pq se incomodar com um monte de família que mora na rua, ou que perde as suas casas em encentes, incêndios, desmoronamento, quando eles moram em casas luxuosas com todo o conforto possível que o dinheiro pode comprar? Sabe aquela histórinha? Pimenta no ... é refresco? Enquanto não é com eles e nem com a família deles, pq se incomodar?
Como sempre, ótimo post!
BjOs a até mais!

Rejane Batista 22 de julho de 2009 00:03  

P.s.
De onde sai tanta coisa? rsrsrs.
BjOs.

Silvio Koerich 22 de julho de 2009 00:06  

Tens razão a rapaziada não lembra nem de quem votou. Eu tenho a maiorai anotada na cabeça e fico de olho nas merdas que tão fazeno.

Pra mim o sistema parlamentarista E a cultura lá fora em que se faz merda tem que pedir demissão porque a pressão é absurda é o melhor. mas aki não aki é uma festa o cara se reelege FICO PUTO. Lá se tu trai a esposa já era tá fora do cargo (menos o Bill Clinton mas ele é de eskerda aí pode).

Aliás, quando acontece uma manifestação politica como o "Cansei" o que acontece?

Tiram sarro, avacalha, diz que é de classe media golpista. Ou seja consciencia politica e protesto só valem pra um lado e contra politicos de "direita" Quando é do outro lado é golpismo e o escambau

MALDITOS

Luciana P 22 de julho de 2009 14:53  

E que pizzaria essa, dura há anos, aliás, são anos e anos, só mudam os pizzaiolos, enquanto o povo, ah, pobre povo, inconsciente dos seus direitos e principalmente dos seus deveres, pois é este mesmo povo que os coloca lá, para fazerem a festa e empanturrarem-se de "pizza".
Olha, não sei se eu tenho essa tal consciência política, mas busco ser coerente com os meus princípios, aqueles que eu considero importantes e satisfatórios para um cidadão.

Muito boa a sua consciência...

Beijos!

Junior Vondrake 22 de julho de 2009 18:20  

Caminhando e cantando e seguindo a canção...

Tetê 23 de julho de 2009 13:57  

Oi, Moço!!

alguém falou em consciência por aqui...
e política...
só sendo cidadãos normais,
porque políticos,
não!!!!!!!!!!!!!!!

Casa cheia de amigos, posts
inteligentes...
isso aqui tá bom mesmo!!

>>
Bjuss

Helô Müller 27 de julho de 2009 01:48  

Amigo !! A sua competência é mesmo assustadora ...
Lindos posts, lindas palavras, só poderiam gerar saudáveis discussões, num ambiente acolhedor, entre os seus leitores; aliás o seu Blog tem esse mérito, sem dúvida alguma!
Diante do tema, voltarei amanhã pra falar alguma coisa, mas neste momento eu estou totalmente rendida aos braços do sedutor Morfeu !!
Me aguarde ...
Beijos e uma bela semana!
Helô

Helô Müller 29 de julho de 2009 23:34  

Sem maiores delongas, já que tal assunto nos causa muita revolta e nojo, direi somente o "óbvio":

- Nada mudará neste país enquanto não houver mudança nas bases estruturais que dão sustentação a uma nação, ou seja: - investir pra valer na área da saúde, habitação e educação. E nesta ordem !!
Sem Saúde, ou morre-se de fome, ou não se tem o necessário desenvolvimento do intelecto!
Sem Habitação não se tem uma vida digna!
E sem educação não há oportunidade de nos tornarmos plenos cidadãos, cônscios de seus direitos, deveres e obrigações!

Pronto ... sem estes 3 quesitos básicos e fundamentais, tudo continuará sem solução!
A FOME E A IGNORÂNCIA DO POVO SERVEM DE SUSTENTO E ALIMENTO AOS POLÍTICOS CORRUPTOS !!
( nem precisarei desdobrar aqui, o "porquê" disso acontecer, simplesmente porque dariam laudas e mais laudas ...)

Parabéns, mais uma vez, pelo conteúdo de seu post, dando a relevância merecida a um assunto de tal ordem !
Beijos
Helô

Ao autor, John, do texto inicial deixo meus cumprimentos e respeito por tudo o que ele tão bem soube nos mostrar em cada linha de seu protesto e merecida revolta !!

Úrsula 18 de agosto de 2009 23:34  

João, parabéns por esse post. Admiro muito você e a sua inteligência. Seu texto me fez pensar em várias atitudes indiferentes que eu tomo em relação à política. Reclamar para nossos amigos e conhecidos é muito fácil, mas realmente dar a cara à tapa poucas pessoas vão. (Você é foda!)
Até

Lord 24 de agosto de 2009 16:30  

Amigo

Temos que fazer o FORA SARNEY voltar ao destaque em nossos blogs
Não podemos jogar o toalha!
TEMOS QUE CONTINUAR LUTANDO COM NOSSAS ARMAS

de um seguidor de seu blog. um abraço

Lord - caranovanocongresso.blogspot.com

OBS.: Precisamos ter um forum onde a gente possa discutir o rumo de nossas lutas, abri um blog de nome bloggersemacao.blogspot.com, procuro pessoas interessadas, que serao colocadas como coo-autores.

Selos recebidos


Selos recebidos de Viviane do blog:

Gestão com pessoas




Regras do Selo Literatura e Arte

1) Dizer 8 características sua.

2) Convidar 8 amigos e avisá-los

3) Mencionar as regras

Respostas:

1-Preciso/2-Passional/3-Honrado/4- Detalhista/5-Educado/6-Decidido/7-Amigo Fiel/8-Humanitário





Regras do Selo Sonhei com esse blog.

REGRAS DESSE SELO:

1) Escrever 4 sonhos impossiveis ou não, que você tenha.

2) Indicar 4 blogs que quiser

3) Linkar quem te mandou o selo

Respostas:

Viajar para a Itália

Ter uma Blazer

Tornar-me um grande escritor

Publicar meu livro

Blog Archive

About This Blog

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP